SEGURANÇA

  • Caravana da Prevenção

Implantação do Projeto Caravana que contempla várias ações de prevenção ao uso indevido de drogas, visando à promoção da cidadania do público escolar infanto-juvenil, abrangendo também seus respectivos familiares, além dos gestores, educadores e demais funcionários/colaboradores da rede pública e privada de ensino. Voltadas para a prevenção primária, as ações realizadas em cada escola ao longo de uma semana aliam-se à outras estratégias de proteção e consequente redução de risco desenvolvidas pela rede de serviços de Uberlândia.

Nos últimos quatro anos, o projeto percorreu mais de cem unidades educacionais em todas as regiões da cidade.

 

  • Justiça na Escola

Ação para conscientizar pais, alunos, profissionais do magistério e comunidade em geral sobre seus direitos e deveres judiciais e durante os encontros, são promovidos debates de temas como Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), violência doméstica e combate às drogas. A cada edição são ministradas palestras e realizadas mesas-redondas com temas pertinentes.

O projeto executado com diversas parcerias percorreu dezenas de escolas nos últimos quatro anos.

 

  • Projeto “Reaje”

O objetivo do projeto é envolver as Instituições Religiosas e lideranças cristãs na prevenção e enfrentamento ao uso indevido de drogas, considerando o importante papel que esses segmentos exercem na família e na sociedade, como fatores de proteção ao uso, abuso e dependência de drogas.

 

  • Rede Empresarial de Prevenção ao Uso de Drogas

Projeto “REPUD” é executado por meio da realização periódica de atividades de prevenção ao uso, ao abuso e à dependência de drogas, junto aos funcionários e aos gestores de empresas parceiras. O objetivo é contribuir na prevenção do primeiro contato e ou na minimização do uso e do abuso, bem como no enfrentamento da dependência química por parte dos colaboradores, de forma a auxiliar as estratégias empresariais voltadas para a saúde dos trabalhadores e a melhoria da qualidade de vida dentro e fora do ambiente produtivo.

 

  • Rede de Colaboração

Articula uma rede de colaboradores, através das associações de moradores, instituições públicas e privadas e entidades sem fins lucrativos, bairros, para a utilização de recursos existentes na própria comunidade formando uma rede para realizar ações de prevenção, como palestras, orientações individuais, oficinas culturais e distribuição de material educativo.

 

  • Projeto Exportando Ideias

O Projeto tem como objetivo difundir a experiência de Uberlândia na condução destes programas, promovendo a implantação de ações de prevenção e reinserção social quanto ao uso e abuso de substâncias psicoativas, assessorando todos os municípios interessados.

 

  • Projeto “Recomeço”

Esse projeto, executado em Comunidades Terapêuticas tem o objetivo de contribuir nos processos de atenção aos residentes/acolhidos e seus familiares, fomentando a motivação individual, o diálogo interpessoal e o fortalecimento de vínculos, como elementos primordiais do processo de reinserção social.

 

  • Projeto “Novo Caminho”

O Projeto “Novo Caminho” oferece aos socioeducandos do CSEUB – Centro Socioeducativo de Uberlândia a formação complementar para o exercício da cidadania e a preparação para a iniciação ao trabalho, contribuindo na redução da reincidência infracional e na prevenção da exploração dos egressos por atividades ilegais, especialmente o tráfico de drogas.

 

  • Projeto “Superar-te”

O Projeto “Superar-te” é realizado em sete Comunidades Terapêuticas conveniadas com a Prefeitura de Uberlândia, com o objetivo de potencializar as capacidades individuais e coletivas dos acolhidos e, desse modo, contribuir com o processo de reabilitação e reinserção social dos mesmos. O projeto alia o estímulo e o suporte ao desenvolvimento de atividades artísticas (customização de camisetas e produção de tapetes) com o acompanhamento de Psicólogos.

 

  • “Pontos que Unem”

Trata-se de uma oficina de profissionalização em costura que produzirá, inicialmente máscaras e outras vestimentas de proteção durante a pandemia, possibilitando a valorização da função social do trabalho prisional, contribuindo para o processo de ressocialização da população carcerária selecionados pela Penitenciária Prof. João Pimenta da Veiga.

 

  • Investimentos de mais de R$ 6,5 milhões em auxílio à segurança pública

Para dar suporte aos órgãos responsáveis pela segurança pública, a Prefeitura de Uberlândia investiu, desde 2017 mais de R$ 6,5 milhões no setor. Os investimentos, que integram parte dos esforços da Administração Municipal para auxiliar a área em benefício da população, foram realizados por meio de convênios que permitem auxílio direto no custeio de estruturas e atividades realizadas por instituições como a Polícia Militar (PM), a Polícia Civil (PC) e o Corpo de Bombeiros (CB) de Minas Gerais.

Com isso foi possível adquirir equipamentos e manter o funcionamento adequado do sistema de videomonitoramenteo (com mais de cem câmeras espalhadas pela cidade). O pagamento de despesas de unidades, como aluguel e energia elétrica, e a criação de um pelotão para fiscalização de trânsito também ocorreram com auxílio municipal.

 

  • Motocicletas e Drones para Polícia Militar

Entrega de cinco motocicletas de alto desempenho, adquiridas pela Polícia Militar (PM) por meio de recursos da Prefeitura de Uberlândia e com a aprovação da Câmara Municipal. Aquisição de seis drones obtidos em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE). Os equipamentos garantem mais qualidade na prestação de serviços à população.

 

  • Rede de comunicação digital

Lançamento da rede de transmissão de rádio digital da 9ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais. O projeto que moderniza o sistema de comunicação policial começou a ser implantado por Uberlândia, a partir de um investimento inicial de R$ 1,2 milhão, dos quais R$ 400 mil foram repassados pela Prefeitura Municipal por meio de uma parceria firmada para fiscalização do trânsito em setembro de 2017.

Ao todo, são 309 rádios portáteis, que ficam com os policiais, além de outros 129 instalados em viaturas e postos fixos. Equipamentos que são totalmente criptografados (codificados para impedir acesso de pessoas não autorizadas), contam com GPS e têm gerenciamento informatizado. Características que vão garantir ainda mais segurança e a eficiência nas operações policiais.

Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

  • Acompanhe