AGROPECUÁRIA

  • Serviço de Inspeção Municipal

São atividades de vistorias de rotinas, de acompanhamento de planos de ação, de análises de projetos (reformas e construções), de análises de rotulagens, de análises de programas de autocontrole e de orientações técnicas, atuando incansavelmente na fiscalização de Indústrias e Agroindústrias de Uberlândia. Desde 2017, foram 307 rotinas de inspeção em Agroindústrias e 2.377 rotinas de inspeção em Indústrias.

O Serviço se tornou referência nacional. Uberlândia recebe constantemente a visita de representantes de outros municípios que vêm conhecer o funcionamento da iniciativa.

Atualmente o SIM possui 30 indústrias registradas, sendo que essas empresas possuem implantados os programas de autocontrole do processo de produção, com registros auditáveis que comprovam o atendimento aos requisitos higiênico-sanitários e tecnológicos, com vistas a assegurar a identidade, a qualidade e a integridade dos produtos.

O município de Uberlândia mantém-se como referência em inspeção higiênico-sanitária, tecnológica e industrial de produtos de origem animal, tendo sido o primeiro de Minas Gerais e o segundo do país a conquistar a adesão ao SISBI/POA, em 2009.

 

  • Programa de Aquisição de Alimentos

Até no ano passado, mais de 780 mil quilos de alimentos já tinham sido enviados às entidades beneficiadas do programa, atingindo um montante de R$ 1.742.000 em recursos destinados para o desenvolvimento do programa pelo Ministério da Cidadania.

Neste ano, o programa se encontra em processo de Licitação Pública e irá beneficiar 69 entidades com a doação de alimentos adquiridos de 98 pequenos produtores rurais.

 

  • Pró-pão

No âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos, o Pró-pão consiste na aquisição de cesta básica de alimentos e higiene bucal com repasse para os beneficiários devidamente cadastrados a preços subsidiados em até 20% concedendo um benefício limitado a 40% do valor de compra na venda de uma cesta de alimentos e kit de higiene bucal por domicílio em atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade e insegurança alimentar.

Os esforços de gestão do prefeito Odelmo Leão permitiram uma redução no valor da cesta. Em 2017, o valor era de R$ 62,85. A partir de 2018, através de Licitação Pública, o valor subsidiado da cesta caiu para R$ 56,57, permanecendo atualmente.

 

  • Estradas Vicinais

Os trabalhos de recuperação de estradas garantem mais segurança e comodidade aos moradores da zona rural, além de auxiliar no fluxo e escoamento da produção do município.

Em 2020 estes trabalhos atingiram 7.475,31 quilômetros executados. Foram 71 serviços (desde execução a reformas) realizados em mata-burros e 32 em pontes.

 

  • Feiras

Implantação das Feiras nos Bairros Pequis e Monte Hebron, realização da Feira Agroecológica no Parque do Sabiá, que acontece todas as terças-feiras com produtos cultivados com técnicas naturais que respeitam a conservação e a recuperação do meio ambiente, e a reabertura da Feira de Produtos Rurais na Praça Cívica entre o Centro Administrativo e a Câmara Municipal.

São 62 feiras diurnas e noturnas dividas nas regiões da cidade: Norte (12 feiras), Leste (15 feiras), Oeste (16 feiras), Central (7 feiras) e sul (12 feiras).

 

  • Programa NovoAgro

Criação do Programa de Desenvolvimento de Novos Negócios Rurais – Novo Agro (Lei Municipal 12.996/2018, de autoria do prefeito Odelmo Leão) com o objetivo de transformar atuações já existentes no campo em atividades comerciais de alta sustentabilidade.

O NovoAgro incentiva o empreendedorismo rural a partir de seis pilares: Agroindústria Rural de pequeno porte, Turismo Rural, Gastronomia, Avicultura Caipira, Aquicultura e Agroecologia. Esse programa foi criado pela Prefeitura Municipal de Uberlândia em 2018, a partir da união de entidades parceiras e o poder público para nortear os produtores rurais na aproximação de mercados e consolidar de fato as atividades enquanto negócio.

A partir do NovoAgro, foram promovidos diversos eventos que geraram comercialização e visibilidade aos participantes do programa. É o caso da primeira edição do “Queijo e Mel do Triângulo Mineiro”, “Encontro de Produtores de Queijo Artesanal do Triângulo”, Circuitos Gastronômicos, “Minas Queijo e Viola”, dentre outros.

 

  • Criação do Espaço Gastronômico Rural

Estruturação da Horta Educativa no Camaru com realização de visitas dirigidas de 3.800 alunos de escolas do município, apresentando conhecimentos sobre produção vegetal, piscicultura, utilização racional de insumos e alimentação saudável.

 

  • Programa de Aquicultura

Uma Lei Municipal do ano de 2018, de autoria do prefeito Odelmo Leão, define e disciplina o Programa. A proposta é atingir o desenvolvimento sustentável da aquicultura como fonte de alimentação, emprego, renda e lazer. Sempre de forma respeitosa ao meio ambiente e à biodiversidade.

Uma série de diretrizes ordenam a atividade no município possibilitando fomentar o setor e propiciar melhorias para as condições de atuação dos produtores. A iniciativa também integra o Programa de Desenvolvimento de Novos Negócios Rurais – NovoAgro.

 

  • Agroindústria Rural de Pequeno Porte

Mais uma Lei Municipal do ano de 2018, também de autoria do prefeito Odelmo Leão. O dispositivo habilita o setor de agroindústria rural de pequeno porte em Uberlândia incentivando, regulamentando e fomentando a atividade na região, além de assegurar a qualidade das mercadorias produzidas. Também faz parte das diretrizes do NovoAgro.

 

  • Projeto Hortas Sustentáveis

A iniciativa percorre unidades de ensino para auxiliar alunos a cultivarem hortas. O objetivo é valorizar a produção rural, o consumo de alimentos saudáveis produzidos com insumos orgânicos e o respeito ao meio ambiente.

O projeto foi executado em 14 escolas públicas, beneficiando diretamente mais de 2.500 alunos em 169 atividades.

 

  • Encontro de Produtores de Queijo Artesanal do Triângulo

Realização do 1º Encontro de Produtores de Queijo Artesanal do Triângulo, no Camaru, durante da Femec 2018, com o objetivo de fomentar a produção regional.

 

  • Piscicultura

Realização do Curso de Piscicultura no Centro Tecnológico de Aquicultura Familiar (Cetaf), em parceria com o Senar/Minas, para estimular conhecimentos teóricos e práticos sobre o cultivo de peixes em tanques escavados.

Organização da cadeia de produção municipal com a aproximação dos produtores e ações, incluindo atendimentos técnicos, para fomento da produção e do consumo de pescados.

Incentivo ao consumo de pescado com a inclusão do filé de tilápia na merenda escolar junto com a Secretaria Municipal de Educação. O projeto piloto atende inicialmente dez escolas e deve ser estendido a todas as escolas.

Dentro do incentivo ao consumo e cadeia do pescado, realizamos uma pesquisa inédita com a população uberlandense.

 

  • Capacitação

Capacitação da equipe de Médicos Veterinários no I Simpósio de Higiene e Controle de Qualidade de Produtos de Origem Animal – UFU.

 

  • Patrulha Mecanizada

Aquisição de trator, carreta e grade, fruto de doação do Estado de Minas Gerais, através de emenda parlamentar. Até o momento, foram 1.576 atendimentos pelo Núcleo de Motomecanização, em mais de 12 mil horas trabalhadas.

 

  • Georreferenciamento Rural

Conclusão do Georreferenciamento com imagens de alta precisão na zona rural permitindo o mapeamento, diagnóstico e desenvolvimento de ações em benefício dos produtores rurais.

A iniciativa ainda identificou as propriedades com possíveis áreas de Basalto, foco do projeto de remineralizarão de solo proposto pela gestão Odelmo Leão.

 

  • Programa de Silagem

Em 2019 foram adquiridas novas máquinas agrícolas, sendo três ensiladeiras e dois vagões basculantes com capacidade de 8m³ cada. O objetivo é auxiliar na execução do Programa de Silagem.

Uma ação voltada a pequenos produtores rurais que não dispõem do próprio equipamento, com um preço acessível e maior qualidade no produto. Além do fornecimento de acompanhamento técnico desde a escolha da área de lavoura até a disponibilização da mão de obra para as operações.

Foram 1.676 atendimentos pelo Núcleo de Motomecanização, com mais de treze mil horas trabalhadas, auxiliando a produção de 52 mil toneladas de silagem em 1.314,31 hectares. A produtividade média é de aproximadamente 40 toneladas por hectare.

 

  • Distritos

Renovação do convênio com os Correios para entrega de correspondências e encomendas aos moradores dos Distritos de Tapuirama, Miraporanga, Martinésia e Cruzeiro dos Peixotos e também comunidades do entorno.

Assistência Oftalmológica aos alunos da Escola Municipal Antonino Martins da Silva, localizada no Distrito de Martinésia. A Prefeitura de Uberlândia levou os estudantes a uma clínica especializada onde foram submetidos a exames detalhados e os resultados foram encaminhados para uma ótica que fez a doação dos óculos.

Além da promoção de 588 ações de saúde, educação, esporte, lazer, saneamento e promoção das entidades locais.

 

  • Sistema de Aquaponia

Implantação do Sistema de Aquaponia, uma tecnologia que permite o uso inteligente e sustentável da água para a criação de peixes e, ao mesmo tempo, o cultivo de hortaliças. O sistema fica montado na sede da Ferub e é aberto para visitação de produtores rurais e demais cidadãos interessados em implementar a ferramenta.

 

  • Projeto Cardume

A iniciativa promove visitas guiadas com o objetivo de levar orientações sobre ecologia, preservação dos recursos hídricos e piscicultura aos estudantes.

O projeto também realiza a montagem de aquários itinerantes em escolas do município com o objetivo de aproximar a escola da piscicultura.

Nos últimos anos, foram 2.800 alunos que conheceram mais sobre biologia aquática, educação ambiental, fizeram visitas ao Aquário Municipal adquirindo conhecimento sobre piscicultura comercial, incluindo visitas práticas aos produtores e criações experimentais em caixas d’água nas escolas.

 

  • Peixamento

Para contribuir com a biodiversidade da bacia hidrográfica da região, foi realizada a soltura de 12 mil espécies juvenis de pacu-caranha nos rios Araguari e Tijuco, além de 20 mil larvas de carpa desovadas.

A iniciativa ambiental visa à preservação dos ecossistemas naturais dos dois cursos d’água. O chamado “peixamento” proporciona uma série de ganhos à biodiversidade aquática e visa aumentar a população da espécie nativa.

Alunos do ensino fundamental de escolas municipais participam simbolicamente da soltura dos peixes, conhecendo a importância ambiental do processo.

 

  • Centro Tecnológico de Aquicultura Familiar

Reestruturação e reativação do laboratório de reprodução de peixes que estava com as atividades suspensas desde o ano de 2016. A iniciativa incluiu a completa higienização e a montagem de 14 incubadoras de até 220 litros, além da adequação e utilização dos 33 tanques de produção de peixes na área de sete hectares.

 

  • Agroecologia

Mais de 300 visitas de acompanhamento técnico, além da participação em mutirões e organização do sistema produtivo de 32 produtores agroecológicos do município responsáveis pelo cultivo de cerca de 190 variedades de alimentos.

Além disso, o município disponibilizou mais de 2.500m3 de insumos e material orgânico para o enriquecimento dos solos destes sistemas produtivos, permitindo significativa redução dos custos de produção e preservação do meio ambiente.

Com esse trabalho, o Programa NovoAgro já auxiliou 24 produtores a conquistarem a certificação de produção orgânica pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, gerando credibilidade e agregando valor aos produtos. Somente na Feira Agroecológica do Parque do Sabiá, realizada semanalmente desde junho de 2018, já foram comercializados mais de R$200 mil em produtos agroecológicos.

 

  • Avicultura caipira

O projeto Avicultura caipira surgiu como um dos pilares do Programa Novo Agro em 2018, consiste em um acompanhamento técnico e organizado aos produtores do município com o objetivo de adequar os sistemas produtivos,  legalizar os planteis e produtos para o mercado consumidor, colocando na mesa das famílias do município um ovo e um frango caipira de qualidade, oriundos de uma criação com alimentação balanceada sem adição de promotores de crescimento e/ou antibióticos, vacinadas, com acesso a pasto e livres para manifestar o comportamento natural da espécie.

Foram realizadas 304 visitas técnicas desde o início do projeto (2018), nessas ações foram mais de 10 mil aves atendidas e 35 planteis legalizados no IMA totalizando uma produção de 51.100 ovos e mais de 10 mil unidades de frango caipira com um incremento na cadeia de mais de R$ 300 mil.

Através do programa 166 unidades de ensino infantil e fundamental tiveram a merenda escolar acrescida com os ovos caipira o que enriqueceu a qualidade nutricional desta refeição tão importante para o desenvolvimento destas crianças.

 

  • Aquário Municipal

Reforma e melhorias com pintura, readequação do sistema de iluminação e nova estrutura de oxigenação. O espaço é um dos principais pontos turísticos da cidade e recebe em média 2.800 pessoas por mês e mais de 30.000 pessoas por ano.

Desde 2017, foram distribuídos 14.855 peixes larvófagos para combate ao mosquito da dengue, algo importante na contribuição do controle da doença e consequentemente para saúde pública de nossa cidade.

 

  • Vacinação contra Brucelose

Retomada do programa que já imunizou mais de 2.500 animais em mais de 600 atendimentos. A vacina é obrigatória em bezerras e só pode ser aplicada por profissionais especializados. Assim, o programa gera a redução dos custos de produção, além do diminuir o risco de transmissão da brucelose para a população humana.

 

  • Projeto Fruticultura Uberlândia

Iniciado em 2019, o projeto tem o objetivo de estimular a produção, consumo e agregar valor aos frutos produzidos no município sempre priorizando sistemas de produção sustentáveis.

Foram selecionados 108 produtores do município que receberam gratuitamente mais de quarenta mil mudas frutíferas para a implantação de pomares comerciais. Estes produtores já receberam mais de 2.000 horas de assistência técnica gratuita fornecida pela equipe da Prefeitura.

Com o desenvolvimento destes pomares, estima-se a produção de mais de 2 milhões de quilos de frutos até 2022.

 

  • Acompanhamento técnico nas propriedades rurais

Por meio de uma equipe multidisciplinar que conta com técnicos em agropecuária, engenheiros agrônomos, médicos veterinários e zootecnista, a Prefeitura realiza visitas gratuitas nos mais diferentes tipos de produção agrícola e pecuária. Nos últimos anos, foram realizados mais de mil atendimentos como consultas veterinárias, procedimentos clínicos, orientações agronômicas e interpretações de análises de solo.