Uberlândia completa 132 anos com uma ampla rede municipal de ensino


Uberlândia chega aos 132 anos de sua municipalização na próxima segunda-feira (31). Entre os vários motivos que projetam a cidade como uma das mais importantes do país, destaca-se a rede de ensino da Prefeitura de Uberlândia. Para manter um processo de ensino e de aprendizagem com qualidade, a Secretaria Municipal de Educação (SME) possui uma completa estrutura que pedagógica, que conta com setores voltados para a merenda, transporte, inspeção, entre outros.

 

Ampla rede para atender cerca de 70 mil alunos

Ao todo, a Prefeitura de Uberlândia possui 123 unidades em sua rede de ensino, sendo 67 escolas voltadas para a educação infantil e 53 para o ensino fundamental. Somam-se ainda o Campus Municipal de Atendimento à Pessoa com Deficiência, a Escola Cidade da Música e o Centro Municipal de Estudos e Projetos Pedagógicos Julieta Diniz (Cemepe). Além de suas próprias unidades, a SME tem parceria com 44 organizações da sociedade civil (OSCs), que são escolas subvencionadas pelo governo municipal e administradas por terceiros. Toda esta estrutura é responsável por atender cerca de 70 mil alunos.

 

Escola em Casa

A pandemia do novo coronavírus alterou os trabalhos pedagógicos municipais, mas graças aos esforços da gestão municipal, essa situação foi amenizada, com a disponibilização de conteúdo por processos remotos, como videoaulas e fornecimentos de matérias impressos.

No mês de abril, com as aulas presenciais já suspensas, teve início o programa Escola em Casa, um portal on-line onde os estudantes municipais têm acesso gratuito a materiais didáticos diversos. No menu da plataforma, os usuários têm acesso a itens com informações sobre o recurso, material didático, sala de leitura e jogos interativos. As apostilas podem ser impressas e estão divididas por ano escolar. Para quem não tem condições de imprimir o material ou não possui acesso à internet, as escolas fornecem as apostilas.

No início de junho, o “Escola em Casa” foi expandido para a TV aberta, com exibição diária de videoaulas gratuitas. Por meio do programa, conteúdos são disponibilizados semanalmente, com o objetivo de garantir que os estudantes mantenham uma rotina educacional. O material pode ser visto pela TV Universitária (sinal aberto) e pelo portal da Prefeitura.

 

Escola Bem Arrumada

Os reparos nas estruturas físicas das unidades também não pararam durante a pandemia. Com o Escola Bem Arrumada, a Prefeitura reforçou os serviços nos prédios escolares para deixá-los em perfeitas condições de uso para quando os alunos regressarem. Ao todo, desde 2017, 50 escolas já foram ou serão beneficiadas com amplos serviços, além de coberturas e reformas de quadras poliesportivas. Somente neste mês, o prefeito Odelmo Leão determinou a reforma de 11 unidades.

Lançado há 15 anos pelo prefeito Odelmo Leão e retomado em 2017, o Escola Bem Arrumada é realizado em parceria pela SME e Empresa Municipal de Reparo e Manutenção (Emam). O programa realiza também serviços menores como reparos nas redes elétrica e hidráulica, pinturas, limpezas de caixas d’água e serviços de podas e capinas. Nos entornos das escolas são refeitas as sinalizações do trânsito pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes. Já a Secretaria Municipal de Saúde faz combates aos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

 

Kits escolares para todos os alunos

Neste ano, todos os estudantes municipais estão recebendo os kits escolares fornecidos pela Prefeitura. Ao todo são cerca de 70 mil conjuntos para alunos das escolas municipais e das Organizações da Sociedade Civil (OSCs). O material é disponibilizado para a educação infantil, ensino fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Programa Municipal de Alfabetização de Jovens e Adultos (Pmaja). Pela primeira vez, os atendidos nas OSCs também estão sendo beneficiados.

 

Fonte: SECOM