Servidor do Dmae dá exemplo de sustentabilidade ao recolher lixo em cachoeira


A quantidade de lixo encontrada nas margens da cachoeira de Bom Jardim, manancial responsável por parte do abastecimento de água em Uberlândia, levou o servidor municipal Moyses Selvano Oliveira a tomar uma iniciativa bem sustentável. Ele que trabalha no sistema de captação Bom Jardim e monitora constantemente a represa e suas redondezas, começou a recolher nos últimos meses o lixo deixado pelos visitantes.

A iniciativa do auxiliar técnico operacional já deu outro aspecto às margens da cachoeira. “Já retirei cinco caixas de garrafas de vidro, além de outros materiais como fraldas, sacos de carvão e isopor”, relata.  De acordo com o servidor, o fluxo de lixo no local aumentou significativamente. A partir disso, sentiu a necessidade de começar a recolher esses materiais ao passar pelos arredores. Os materiais recicláveis separados por Moyses Selvano foram recolhidos pelo caminhão de coleta seletiva, que passa na captação do Bom Jardim uma vez ao mês.

 

Outras ações

Além do servidor, outras pessoas que frequentam a cachoeira também se mobilizaram para fazer a limpeza da área. O grupo “Bike Mania” realizou uma ação neste domingo (4) na cachoeira do Bom Jardim com 40 ciclistas. O material reciclável foi destinado ao ecoponto do bairro São Jorge. O grupo já fez outras mobilizações nas cachoeiras do Bom Jardim e Sucupira.

 

Conscientização

O supervisor de gestão de Resíduos Sólidos do Dmae, Arthur Rosa Publio, afirma que ações como essas, de pessoas e grupos, que têm atuado na limpeza das cachoeiras contribuem para a preservação ambiental. “As pessoas que frequentam estes mananciais devem se conscientizar e levar de volta todo o lixo gerado”, afirma.

 

Fonte: SECOM