Reforma da escola Maria Leonor, na região Norte, é entregue


A Prefeitura de Uberlândia realizou a entrega da reforma da Escola Municipal Professora Maria Leonor de Freitas Barbosa, localizada no bairro Presidente Roosevelt, na região Norte. A obra teve início em maio de 2019, como parte do programa Escola Bem Arrumada. As melhorias beneficiarão mais de 650 alunos atendidos na unidade, nos segmentos da educação infantil e do ensino fundamental. Até o fim do ano, a rede municipal terá um total de 33 unidades reformadas pelo programa.

A escola recebeu pintura em todas as paredes e muros, reparos no sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico e restaurações nas instalações elétricas e hidráulicas. Ainda foram feitas intervenções na acessibilidade dos prédios, com retirada de todos os degraus que existiam no interior da unidade, além de reforma e instalação de piso tátil na calçada externa. Nestes serviços os investimentos foram de R$ 310 mil, provenientes da Quota Municipal do Salário-Educação (QSE), um direito do Município repassado pelo Ministério da Educação (MEC).

Outro benefício entregue foi a cobertura da quadra poliesportiva. O espaço agora conta com estruturas que protegem alunos e professores da exposição ao sol e às chuvas durante as atividades. Com a cobertura, a escola poderá realizar atividades na quadra como festas juninas e gincanas, além das aulas de Educação Física.

Escola Bem Arrumada

A reforma da Maria Leonor faz parte do Escola Bem Arrumada, lançado pelo prefeito Odelmo Leão. O programa executa durante todo o ano serviços de reparos e manutenções nas unidades municipais de ensino. O objetivo é manter as estruturas físicas escolares nas melhores condições possíveis para o uso.

Para realizar as benfeitorias, inicialmente são feitas visitas técnicas às escolas, quando são observados itens como redes hidráulicas e elétricas, telhados, bebedouros de água, toldos, caixas d’água, pinturas, trincados e rachaduras nas paredes. Também é observada a vegetação e a necessidade de podas, capinas e roçagens. Nos entornos dos prédios são verificadas a sinalização do trânsito e a massa asfáltica. Também são consideradas as possibilidades de existirem focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Após as vistorias, é elaborado um cronograma para a execução dos serviços.

Para o trabalho ser o mais amplo possível, o Escola Bem Arrumada reúne as secretarias municipais de Educação, Saúde, Obras, Trânsito e Transportes, Meio Ambiente e Governo e Comunicação, juntamente com o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) e a Empresa Municipal de Apoio e Manutenção (Emam).