Home / Notícias / Projeto “Mães da Diversidade” celebra a maternidade no mês das mães

Projeto “Mães da Diversidade” celebra a maternidade no mês das mães


No calendário, a celebração do Dia das Mães é sempre no segundo domingo de maio. Mas a grandeza destas mulheres continua sendo celebrada no Cultura em Casa, no Portal da Prefeitura. O projeto “Mães da Diversidade” exibe entrevistas de grandes mães de Uberlândia que possuem filhos e filhas que vivem a multiplicidade da cor, da sexualidade e de singularidades como autismo ou outros transtornos, distúrbios e síndromes.

O vídeo já está disponível no Cultura em Casa (clique aqui). Uma das entrevistadas é a pedagoga Sara Alves de 32 anos de idade. Mãe de duas meninas, a moradora do bairro Mansour, aos 20 anos de idade, viu a vida mudar completamente durante a gestação de Ana Sara (hoje, com 12 anos). Ainda no berço, Sara sentiu que a filha era mais que especial. Aos três anos, a criança foi diagnosticada com autismo. Para ajudar no desenvolvimento, a mãe procurou psicólogos, mas o preço da consulta a fez se especializar em psicopedagogia para reter os conhecimentos necessários para lidar com as dificuldades e peculiaridades da própria filha.

A menina se desenvolveu, mas a família ainda lida com preconceitos que vão além do diagnóstico: “Minha filha, que antes era introspectiva, não falava, hoje interage socialmente, gosta de abraços, conversa com todos, mas já voltou chorando da escola por causa da cor. A minha outra filha, a Bárbara, de dez anos, que não tem nenhuma doença ou transtorno, não quis ir à escola por duas semanas porque zombavam do cabelo e da cor da pele. Isso me dói. Isso me machuca. Mas, com amor e proteção de mãe, superamos tudo isso, e ensino minhas filhas a importância de serem fortes e lutarem”, ressaltou Sara, cofundadora do Coletivo Amor-Autista, que ajuda as famílias de pessoas diagnosticadas com o transtorno.

 

Homenagem às mães

Esta e outras entrevistas exibem os prazeres e desafios das “Mães da Diversidade” e estão, em formato de vídeo, disponíveis no Portal da Prefeitura, pelo Cultura em Casa, na seção “Literatura” como homenagem da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. “É a forma que encontramos para celebrar e enaltecer estas e outras grandiosas mães que, com amor incondicional, protegem os filhos e derrubam as barreiras do preconceito que são erguidas. São mães fortes, guerreiras que ensinam os filhos a lutarem por espaço e respeito. E sabemos que esta luta não é fácil, mas, no que depender de nós, elas terão espaço, voz e, principalmente, reconhecimento.” ressaltou a secretária municipal de Cultura e Turismo, Mônica Debs.

 

“Mães da Diversidade: Lute como uma mãe.”   

Ficha Técnica

Mães entrevistadas: Cecília Naves, Flávia Dantas, Karol Cordeiro, Sara Alves, Sandra Silva Andrade e Marilene Pereira.

 

Gravado no teatro Nininha Rocha – Centro Cultural de Uberlândia

Apresentação: Aryadne Amâncio

Direção: Disney Torbitoni

Imagens: Brayerson Neto e Disney Torbitoni

Roteiro: Aryadne Amâncio, Pollyanna Fabrini, Lêda Furtado e Silvia Gratão

Técnicos de Áudio: Carlo Igor e Hermes Quirino

Revisão: Pollyanna Fabrini

Edição: Disney Torbitoni

 

Prefeitura de Uberlândia

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo

Biblioteca Pública Municipal Juscelino Kubitschek de Oliveira

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 28/05/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe