Home / Notícias / Procon reforça dicas de como se programar para as compras do fim de ano

Procon reforça dicas de como se programar para as compras do fim de ano


Natal está próximo e muitas lojas, para atrair a atenção dos consumidores, estão com as vitrines repletas de sugestões. Para qualquer opção, independente do preço, o Procon orienta que é preciso considerar a disponibilidade financeira, pois uma compra consciente pode evitar futuros problemas. Confira as dicas elaboradas pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

Segundo Egmar Ferraz, superintendente do Procon, planejar os gastos é essencial para fugir das tentações das novidades e não comprar nada que não seja realmente necessário. Além disto, no início do ano, vem as despesas inevitáveis como impostos e material escolar dos filhos. “A virada do ano é para muitos um momento de renovação e novos planos, mas também pode ser de surpresas desagradáveis para quem não se planejar financeiramente. Isso porque, logo nos primeiros meses, os brasileiros se deparam com gastos inevitáveis do período”.
O primeiro passo para as compras, é a escolha do presente e a pesquisa de preços, seja para compras presenciais ou pela Internet. Nessas situações, o consumidor deve ficar atento ao cadeado de segurança e prazo de entrega. É importante ainda imprimir o comprovante da compra, com a descrição do pedido, e pedir um e-mail de confirmação, que deve conter a data de entrega do produto. Sites que não disponibilizam telefone, endereço e CNPJ devem ser evitados.
Nas compras pela Internet, o consumidor tem um prazo de sete dias após o recebimento da mercadoria para desistir da compra, com restituição total dos valores e frete. Já nas compras presenciais, a política de troca depende do estabelecimento. O aviso deve estar sempre destacado no cupom fiscal ou na mercadoria. No caso de roupas e calçados, é importante verificar a possibilidade de troca se o presente não agradar, pois a troca é garantida pelo Código de Defesa do Consumidor somente se o produto apresentar defeito.

Outra dica importante é verificar o preço à vista e a prazo, o número de parcelas, e ainda as taxas de juros mensal e anual. Sempre que possível é preferível comprar à vista e negociar descontos.

 

Planejamento

Segundo Egmar Ferraz, a sociedade precisar aprender a consumir, evitando o consumo por impulso, o que acaba acarretando o endividamento. Para comprar presentes para o Natal, seria necessário, desde o início do ano, já ter o planejamento para esse custo.

 

Dicas importantes para 2022

– Planeje gastos e economias

– Defina o padrão de vida compatível com a renda

– Estabeleça metas e sonhos tangíveis

– Priorize pagar dívidas ao invés de novos gastos

– Antes de comprar, responda a pergunta: eu preciso?

– Pesquisar preços antes de comprar

– Cuidado com os gastos do cartão de crédito

– Programe-se para comprar nas promoções

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 22/12/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe