Home / Notícias / Plantio de hortaliças é realizado com alunos de Miraporanga

Plantio de hortaliças é realizado com alunos de Miraporanga


A Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, promoveu na Escola Municipal Domingas Camin, localizada no distrito de Miraporanga, nesta quinta-feira (26), o plantio de mudas de hortaliças com alunos do 4º ao 9º ano, em desenvolvimento ao subprojeto “Meu campo, minha vida: saberes, sabores e cuidados”. A ação fez parte da temática “Práticas agropecuárias sustentáveis voltadas à sucessão rural”. Entre outros apoiadores, o projeto conta também com a assistência da Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA).

“Nós ajudamos a desenvolver as práticas sustentáveis na agricultura, associando atividades da horta com os conteúdos pedagógicos que os alunos têm. Manejo do solo, da água, segurança alimentar, educação ambiental são exemplos de temas abordados. Por meio de atividades desempenhadas junto à comunidade escolar, possibilitamos o incentivo ao empreendedorismo e à sucessão rural”, contou a secretária de Agronegócio, Economia e Inovação, Thalita Jorge.

O plantio das hortaliças desenvolvida nos canteiros da escola buscou aguçar nos alunos, entendimento e conscientização sobre o trabalho no campo, desenvolvendo suas capacidades e habilidades. Atividades como esta, por exemplo, podem contribuir para uma futura escolha profissional dos jovens participantes.

“Os frutos do projeto já estão sendo colhidos, gerando o sentimento de pertencimento nos estudantes, elevando o desejo de aprender, de participar e de “ressignificar” sua própria história. Por meio dele, a escola, em conjunto com a Secretaria de Agronegócio, Economia e Inovação, propicia para a comunidade um laboratório de conhecimento que a própria a identidade, a historicidade, a cultura e a economia dos estudantes rurais de Miraporanga”, destacou a diretora da E.M. Domingas Camin, Andréia Heloisa.

“São todos filhos de camponeses, que moram nos arredores de Miraporanga, alguns são da vila mesmo. A horta tem o intuito de complementar o aprendizado deles na escola e os professores aplicam os ensinamentos junto às disciplinas. O que trabalhamos é justamente a sucessão no campo, aqui estão os filhos das pessoas que ainda permanecem aqui. Visamos despertar as possibilidades que esses jovens podem futuramente desenvolver no meio rural”, analisou Matheus Barbosa, técnico da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, responsável pelo plantio das mudas.

 

Abordagens desenvolvidas

Dentro do projeto, já foram trabalhados temas sobre planejamento de plantio, escolha adequada do local para cultivo, preparo de solo, amostragem de solo para análise, interpretação de análise, recomendação para adubação orgânica, controle de plantas daninhas e irrigação. Ainda serão abordados assuntos como: adubação de solo; fontes de fertilização eficientes agronomicamente, acessíveis e ambientalmente corretas; metodologias; cuidados e critérios ao desenvolver um trabalho científico; plantio; escolha de cultivares e tratos culturais. E todos estes temas foram transversalizados com a matemática, geometria, português, geografia, história, ciências entre outros conteúdos.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 27/05/22
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe