Oitava elevatória de esgoto do Morada Nova entra em operação


A 8ª Estação Elevatória de Esgoto (EEE) do bairro Morada Nova entrou em operação nesta terça-feira (6). A obra foi finalizada na semana passada com os últimos ajustes na montagem do conjunto eletromecânico, composto pelas bombas de recalque e sistema elétrico. Com capacidade de vazão de 14 litros por segundo, a estrutura vai receber o esgoto de mais de 200 moradias e bombear para a elevatória quatro, que, por sua vez, redireciona o esgoto para o emissário.

O bairro já possui sete elevatórias, cada uma atendendo um setor diferente. São 75 km de rede de esgoto. Nos próximos 60 dias, a equipe de engenharia do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) vai avaliar o funcionamento dos componentes mecânicos e elétricos para garantir a entrega definitiva da obra.

O diretor geral do Dmae, Adicionaldo dos Reis Cardoso, ressalta que as estações elevatórias cumprem um importante papel no saneamento da cidade, uma vez que elas são responsáveis por receber o esgoto dos imóveis e fazer o bombeamento até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Uberabinha.  “Com esta elevatória, nós reforçamos o sistema de esgotamento do bairro Morada Nova, atendendo mais um setor de 217 moradias”, afirmou.

Uberlândia possui 56 estações elevatórias de esgoto em atividade: quatro estações de tratamento de esgoto no perímetro urbano e quatro nos distritos. A autarquia trata 100% do esgoto coletado. A excelência dos serviços prestados é um dos fatores que colocaram a cidade em destaque pelo terceiro ano consecutivo na categoria “Rumo à Universalização” da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental.

 

Ligações novas

Para solicitar a ligação à rede de esgoto, o proprietário do imóvel deve agendar um dia e horário pelo  e-mail ligacaonova.dmae@uberlandia.mg.gov.br.  No dia marcado, o interessado deve se apresentar no atendimento com RG e CPF para formalizar o pedido.

Ao todo, as equipes do Dmae já realizaram cerca de 800 novas ligação de esgoto.  O valor mínimo do serviço é R$ 180 e pode variar conforme a distância entre o imóvel e o emissário da rua. O pagamento pode ser dividido em até 12 vezes, desde que a parcela não seja inferior a R$ 30. Após o pedido, o departamento tem até 15 dias para concluir o trabalho.

 

Fonte: SECOM