Home / Notícias / Mais de 240 mil atendimentos foram realizados em 2 anos de Siate

Mais de 240 mil atendimentos foram realizados em 2 anos de Siate


Desde a implantação, há dois anos, o Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate) segue aprimorando os atendimentos de emergência em Uberlândia. A iniciativa é fruto de uma parceria entre Prefeitura e Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e facilitou à população acionar, via 193, atendimentos de casos clínicos, trânsito e traumas diversos. Entre 2020 e o primeiro semestre de 2021, a central de atendimentos recebeu 242.838 chamadas.

 

O trabalho em Uberlândia é feito por equipes mistas, o que faz do serviço algo inédito. As ambulâncias que atuam no sistema são compostas por bombeiros, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de contar com o apoio de uma regulação médica própria para avaliação dos pedidos de socorro que chegam pelo número 193.

 

Todo o atendimento acontece em parceria com o Corpo de Bombeiros, pois os militares continuam recebendo os chamados pelo 193. Ao observarem a necessidade de atendimento médico, direcionam os chamados para a regulação médica, que fica na base do Siate instalada na 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), no bairro Jardim Patrícia. Esta equipe, se identificar a necessidade de um resgate, enviará uma ambulância ou UTI Móvel com os profissionais necessários para o atendimento.

 

Em 2020, foram 160.056 ligações recebidas, enquanto no primeiro semestre deste ano já somam 82.782. De todos esses atendimentos, 7.068 foram resolvidos pela regulação médica via telefone. Outros 26.045 demandaram a presença de ambulância. As Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), Hospital Municipal, Hospital Santa Catarina e Centro de Atenção Psicossocial (Caps) complementam com excelência o serviço, recebendo pacientes oriundos de 17.106 ocorrências recebidas via Siate.

 

Quanto mais rápido o cidadão for atendido, menores são as chances de evolução para um quadro mais grave. Com um serviço mais completo, principalmente com a presença da regulação médica, 58% das ocorrências pré-hospitalares de 2021 foram solucionadas em até uma hora, ou seja, dentro do que os profissionais chamam de “Período de Ouro”, que é o momento mais adequado para atendimento.

 

A atuação ao longo de 2 anos se destaca pela segurança e atendimento integral diante das várias situações de emergências ou clínicas do dia a dia. “O elo entre a atuação da equipe médica e o serviço que conta com a experiência dos militares em atendimentos de emergência, possibilitando equipes mistas, é um diferencial que nossa administração idealizou para oferecer de forma integral e com excelência para a população”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 01/09/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe