Iniciado novo ciclo de entrega do kit de alimentação a estudantes


A Prefeitura de Uberlândia deu início aos processos para o terceiro ciclo de entrega dos kits de alimentação aos estudantes da rede municipal. Nesta segunda-feira (14), começaram a ser entregues ao município os itens cultivados por agricultores familiares. Foram recebidas 28 toneladas de hortifrutis (abacaxi, própolis, banana, batata, chuchu, tomate e laranja) e ovos caipiras, os quais irão compor o kit alimentação de 3.964 alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. Os itens vão enriquecer ainda mais aos alimentos já entregues aos alunos.

Os kits já começaram a ser entregues hoje (14) para alunos da zona rural e contam, além dos hortifrutis, com os seguintes itens básicos: arroz, feijão, macarrão, extrato de tomate, suco de caju, óleo e leite UHT. Na quarta-feira (16), quem começa a receber os kits são os alunos da zona urbana. Até o final de setembro os itens serão distribuídos a 14.089 estudantes cadastrados no Bolsa Família. Os estudantes recebem os produtos em casa, por meio do Transporte Escolar.

Os gêneros alimentícios são provenientes do Programa Municipal de Alimentação Escolar (Pmae) e a decisão do público atendido foi tomada junto ao Conselho de Alimentação Escolar e Ministério Público Estadual (MPE). O kit começou a ser entregue aos estudantes cadastrados no Bolsa Família em abril deste ano, momento em que as Escolas Municipais precisaram ser fechadas devido à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Este é o terceiro de cinco ciclos de entrega que irão beneficiar os estudantes, do Ensino Infantil à Educação de Jovens e Adultos (EJA), em situação de vulnerabilidade social. Famílias que possuem estudantes na rede municipal que estão cadastrados no Bolsa Família e que querem ser contempladas nos próximos ciclos devem apresentar a documentação comprobatória na escola.

 

Parceria

A Prefeitura de Uberlândia conta com mais um parceiro para auxiliar na armazenagem e distribuição dos alimentos. Trata-se do Centro de Exposições Camaru, que junto à Diretoria de Armazenagem e Distribuição (DAD), passa a receber os produtos.

A parceria foi providenciada junto à Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos e a Secretaria Municipal de Educação. Com isso, a capacidade de armazenamento dos produtos passa de 14 a 30 toneladas por semana.

 

Fonte: SECOM