Força-tarefa de limpeza no Córrego Lagoinha prevê recolhimento de 80 toneladas de resíduos


A manhã desta sexta-feira (2) foi de maquinários e mão-de-obra em atividade às margens do Córrego Lagoinha. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (SMMASU) iniciou a retirada de entulhos descartados irregularmente e arrastado pelas chuvas de setembro para o leito do córrego. O trabalho é realizado periodicamente para atender a demanda da população local.

A ação de saneamento ambiental ocorreu na área do Parque Linear do Lagoinha, entre os bairros Vigilato Pereira e Jardim Inconfidência. O córrego é afluente do córrego São Pedro, que integra a bacia hidrográfica do Rio Uberabinha.

A mão-de-obra foi reforçada com retroescavadeira, cedida pela Secretaria Municipal de Obras, para a remoção de matérias pesados e encravados. A roçagem na área foi seguida da separação de massa verde e entulhos gerais. Até quarta-feira (7) próxima, as máquinas entrarão finalizando o serviço. A previsão é de sejam retirados cerca de 10 caminhões com resíduos.

 

Descarte irregular

A SMMASU destaca que o flagrante de descarte irregular acarreta multa que varia de R$ 882,77 a R$ 2.581,18, podendo ter o valor dobrado em caso de reincidência. Atualmente o município dispõe de 13 Ecopontos com funcionamento todos os dias, das 7 às 19h. A população conta ainda com serviço de Cata-Treco, que pode ser solicitado pelo telefone 3212-5356, e coleta domiciliar.

 

Fonte: SECOM