Equipe da Secretaria de Saúde de Sergipe visita unidades em Uberlândia


Escolhida para ser um Centro Colaborador de boas práticas na saúde, a Prefeitura de Uberlândia recebeu, nesta terça-feira (29), a visita de membros da Secretaria de Estado de Saúde de Sergipe e do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems/SE). Na oportunidade, eles conheceram mais sobre a excelência nos processos adotados na Atenção Primária e que motivaram a cidade a ser reconhecida como referência no serviço para outros municípios.  Também participaram do encontro integrantes do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

As atividades começaram com uma reunião no Centro Administrativo Municipal para a apresentação da Planificação da Saúde realizada em Uberlândia, que hoje é referência para outras cidades ao ser consagrada como um Centro Colaborador do Conass. O relato sobre como foi a implantação dos métodos para a organização dos processos de saúde, visando a melhor satisfação dos usuários na rede pública, foi apresentado à secretária estadual de Saúde de Sergipe, Mércia Simone Feitosa de Souza, à diretora da Atenção Primária à Saúde, Flávia Diniz, e a coordenadora da Atenção Primária à Saúde, Gildete Macedo Ávila, além de outros membros do Cosems e Conass.

Para secretária de Saúde de Sergipe, Mércia Feitosa de Souza, os processos de trabalho implantado nas unidades de Uberlândia reforçam a importância de ter uma padronização do atendimento a fim de fortalecer a atenção primária. “Ficou muito claro para nós que, independentemente do tamanho da unidade, é possível ter uma estrutura organizada, onde a equipe trabalha em conjunto. A planificação do atendimento na Atenção Primária é o que a gente quer em todo Brasil. As práticas adotadas na cidade nos ajudarão a dar continuidade no planejamento que estamos fazendo em Sergipe”.

 

Visita às unidades

A primeira visita aconteceu na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro Santa Luiza, que foi a primeira unidade-laboratório a colocar em prática todos os métodos da Planificação. Dentre eles estão: cadastramento de todos os usuários da área de referência, estratificação de risco dos doentes crônicas bem como o acompanhando médico multidisciplinar e implantação do atendimento por bloco de horas.

Depois, os visitantes foram para a UBSF Novo Umuarama, onde o secretário municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha, apresentou o padrão de estrutura física das novas unidades do município.

A diretora da Atenção Primária à Saúde de Sergipe, Flávia Diniz, destacou que a visita a Uberlândia permitiu ver na prática todo a teoria para a qualificação da Atenção Primária nas Redes de Atenção à Saúde. “O trabalho em Uberlândia é muito bem estruturado. É notório o fluxo de atendimento criado que resulta numa melhor acessibilidade da comunidade. Fiquei feliz em ver que as necessidades da população são atendidas e que, de fato, é possível sair da teoria e ir para a prática. É preciso acreditar que é possível, e a cidade é um exemplo nestas experiências”.

Segundo a coordenadora da atenção primária da Secretaria Municipal de Saúde, Karina Kelly de Oliveira, a reorganização das unidades começou em 2017 a fim de trazer para a comunidade assistida o melhor atendimento. “Fizemos uma reestruturação para conhecer nossa população e identificar a sua necessidade. Dessa forma, oferecemos um plano de cuidado individual e mais humanizado. Receber a visita do Ministério da Saúde é um reconhecimento do trabalho desenvolvido pela atual administração municipal”.

Nesta quarta-feira (30), a comitiva dará sequência às visitações, que acontecerão na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) São Jorge e no Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro.

 

Fonte: SECOM