Home / Notícias / Dmae pede atenção da população com descarte irregular de lixo

Dmae pede atenção da população com descarte irregular de lixo


O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), responsável pela manutenção da drenagem pluvial, pede a colaboração da população para os cuidados com as bocas de lobo. Uma das principais causas de alagamentos é o acúmulo de resíduos nestes dispositivos, impedindo o escoamento devido da água.

Cerca de 150 toneladas de lixo são retiradas por mês das bocas de lobo na cidade, de acordo com a dados da Prefeitura de Uberlândia. Onde deveria haver espaço para escoamento das águas pluviais, são encontrados areia, brita, cascalho, terra, folhas, entulho de construção civil, sacos plásticos, copos descartáveis, folhas e podas de jardim.

Para minimizar os problemas, a Secretaria de Meio Ambiente realiza força tarefa para a limpeza das bocas de lobos antes do período chuvoso e o Dmae faz a limpeza das galerias pluviais, retirando entulhos e lixo acumulado nestes locais. O trabalho de limpeza, desobstrução e manutenção é realizado durante todo o ano. Os principais materiais que obstruem as grelhas são as folhas de árvore, podas de jardim e sacos de plásticos. “Um hábito muito comum é varrer as folhas para as bocas de lobo, procedimento totalmente errado. A destinação correta seria usar este material verde de adubo para as plantas ou depositá-lo na coleta convencional”, diz o gerente de drenagem pluvial do Dmae, Cleyton Silas Martins. Outro resíduo muito comum é o da construção civil, que ao ser colocado na rua incorretamente são carreados para as bocas de lobo.

De acordo com o gerente, as ações de limpeza evitam os pontos de acúmulo de água, reduz os alagamentos e melhora o escoamento das vias públicas. “Para fazermos o ciclo completo, realizamos ainda a limpeza nas passagens sob os córregos do perímetro urbano”, explicou.

 

Cuidados

Para colaborar com a limpeza das bocas de lobos, córregos e o bom funcionamento das galerias pluviais, a população deve evitar lançar sacos plásticos e embalagens nas vias públicas. Já os entulhos maiores e arbustos devem ser descartados nos ecopontos. Outra recomendação é que, no período chuvoso, o lixo doméstico seja colocado nas lixeiras suspensas e, nos locais sem este equipamento, deve ser colocado na rua apenas próximo ao horário de recolhimento.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 09/11/20
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

  • Acompanhe