Home / Notícias / Dmae interliga Sistema Capim Branco ao reservatório do Custódio Pereira

Dmae interliga Sistema Capim Branco ao reservatório do Custódio Pereira


O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) vai interligar o Sistema Capim Branco ao Centro de Reservação do Bairro Custódio Pereira a partir das 17 horas do próximo sábado (16). A iniciativa é uma das últimas e mais importantes etapas antes do sistema entrar em operação de forma integral. A interligação completa o ciclo do terceiro sistema de produção de água, reforçando os dois já existentes (Sucupira e Bom Jardim).

Para fazer a interligação, será necessário suspender o fornecimento de água do Sistema Sucupira das 17h do sábado (16) até as 6h de domingo (17) em vários bairros da cidade (confira abaixo a lista completa). Poderão ficar sem água durante este período os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O Dmae recomenda que cada imóvel tenha um reservatório de pelo menos 500 litros, o que garante uma média mínima de pelo menos 24 horas de reserva. Além disso, é essencial moderar o consumo até que o abastecimento seja normalizado.

O diretor geral da autarquia, Adicionaldo dos Reis Cardoso, destacou a importância da etapa, uma vez que propicia o funcionamento da nova ETA e reforça o abastecimento. “Temos 15.500 metros de adutora de água tratada responsável por transportar o recurso hídrico da ETA ao Custódio Pereira, que tem capacidade de armazenamento de 32,9 milhões de litros”, afirmou.

O sistema está em pré-operação, fase em que o Dmae, o consórcio construtor e os fornecedores de equipamentos estão realizando uma série de testes em todas as áreas, como na parte elétrica, mecânica, automação, química e estanqueidade das estruturas civis.

 

Sistema Capim Branco

Localizado na comunidade rural da Tenda do Moreno, o sistema Capim Branco ocupa uma área de 129.243,95 m² (ETA e Captação) e é composto por uma estação de tratamento, 20 km de adutoras, reservatório com capacidade de 10 milhões de litros, unidade de tratamento de resíduos, casa de química, elevatória de bombas, caixa de transição, painéis elétricos, subestação e canal de captação de água bruta. O sistema foi planejado para ser ampliado em uma segunda e terceira etapas, com capacidade de triplicar a produção de água (6 mil litros por segundo).

Na primeira fase de operação, o Sistema Capim Branco pode produzir até 2 mil litros de água por segundo. Assim, ele vai reforçar os dois existentes (Sucupira e Bom Jardim), com capacidade conjunta de fornecimento de água para 1,5 milhão de habitantes.

 

Confira os bairros afetados pela interligação

Centro: Bom Jesus, Brasil, Nossa Senhora Aparecida e adjacências.

Zona Leste: Aclimação, Alvorada, Califórnia, Ana Angélica, Celebridade, Custódio Pereira, Dom Almir, Ipanema, Jardim Finotti, Jardim Paradiso, Joana D’arc, Mansões Aeroporto, Morada dos Pássaros, Morumbi, Progresso, Prosperidade, Quintas do Bosque, Santa Mônica, São Francisco, Segismundo Pereira, Tibery, Umuarama, Vila Corrêa, Vila Marielza e adjacências.

Zona Norte: Cruzeiro do Sul, Distrito Industrial, Esperança, Gramado, Industrial, Jardim América, Liberdade, Maravilha, Marta Helena, Minas Brasil, Minas Gerais, Nossa Senhora das Graças, Oliveira, Pacaembu, Roosevelt, Santa Rosa, São José, Satélite, Chácaras Val Paraiso e Vila Maria.

 Zona Oeste: Aruanan, Dona Zulmira, Guarani, Morada do Sol, Taiaman e Tocantins.

Zona Sul: Buritis, Carajás, Lagoinha e adjacências.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 15/01/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe