Home / Notícias / Dmae inicia ampliação e modernização do sistema de telemetria e automação

Dmae inicia ampliação e modernização do sistema de telemetria e automação


O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) vai atualizar e ampliar o seu sistema de telemetria e automação relacionados ao tratamento de água e de esgoto. A iniciativa visa reduzir perdas e melhorar a eficiência no abastecimento. Uma equipe de engenheiros e técnicos da autarquia está trabalhando na montagem de novos painéis de automação e na implantação. Todo o projeto tem um  prazo de três anos para ser concluído e está dividido em três etapas.

Atualmente, a equipe trabalha na montagem de seis painéis para o sistema de bombeamento de água bruta da Estação de Tratamento de Água (ETA) Sucupira, sendo três de acionamento, um de automação e dois de distribuição de energia. Outra frente de trabalho está montando 14 painéis do Sistema Bom Jardim, sendo 11 painéis de automação em diversos pontos da ETA, um de acionamento e dois de distribuição de energia. Eles devem entrar em funcionamento até maio de 2021.

De acordo com o coordenador do núcleo de planejamento e expansão do sistema de abastecimento de água do Dmae, Arthur de Paula, o objetivo é ampliar o monitoramento por telemetria para as 99 unidades do Dmae, como estações de tratamento de água, reservatórios, estação de tratamento de esgoto e elevatórias. “As ETAs e os reservatórios já contam com sistema de telemetria e automação e as melhorias visam aprimorar o sistema com novos pontos de leituras, controle de pressão nas adutoras e inclusão do sistema Capim Branco”, explicou.

segunda etapa do projeto consiste na análise para instalação da automação e telemetria nas oitos estações de tratamento de esgoto (ETEs) e nas 60 estações elevatórias, localizadas nos bairros. Já a terceira etapa, consiste na integração de todo o sistema de telemetria e automação, incluindo a futura interligação dos sistemas Bom Jardim e Sucupira.

 

Início

O Dmae iniciou a modernização do seu sistema público de abastecimento em 2005, na primeira gestão do prefeito Odelmo Leão. Parte dessa evolução foi realizada por meio do projeto de telemetria e automação, no qual o Dmae investiu R$ 2,5 milhões.

 A telemetria consiste na coleta e transmissão de dados operacionais à distância e em tempo real, para microcomputadores localizados na Central de Controle de Processos (CCP) da autarquia. Já a automação é um sistema em que os processos operacionais são controlados e executados por dispositivos eletrônicos ou mecânicos com supervisão humana.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 24/11/20
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe