Home / Notícias / Construção do Terminal Jardins atinge 25% de conclusão

Construção do Terminal Jardins atinge 25% de conclusão


Mais um importante equipamento para a mobilidade urbana segue tomando forma e já está 25% concluído. Trata-se do Terminal Jardins, no bairro Canaã, oitava estrutura do tipo na cidade e que se juntará ao Sistema Integrado de Transporte (Settran). Parte do projeto, também seguem os trabalhos de duplicação da avenida Judeia, via onde está localizado o terminal. Neste momento o local recebe o trabalho de drenagem pluvial.

Já no terminal, as equipes da empresa contratada sob licitação atuam em diversas frentes. Entre eles estão o trabalho de assentamento das treliças que darão suporte à cobertura da estrutura, a construção do piso da plataforma de embarque e no pátio externo, além dos serviços de alvenaria da área administrativa do terminal e da área de descanso dos motoristas. O empreendimento é mais um do programa Uberlândia Integrada II.

“Destacamos sempre a importância desse equipamento para a mobilidade urbana da cidade, principalmente para a região oeste da cidade. Será mais um terminal para atuar junto ao nosso sistema integrado, deixando o serviço mais rápido e prático. Lembramos que será um terminal com capacidade para atender 40 mil passageiros diariamente, com todo o conforto e segurança para os usuários”, disse o secretário de Trânsito e Transportes (Settran), Divonei Gonçalves.

 

Terminal Jardins

Com ordem de serviço assinada pelo prefeito Odelmo Leão em novembro do ano passado, o Terminal Jardins estará localizado na avenida Judeia, no cruzamento com a avenida Judá. A estrutura, que contará com três plataforma de embarque e desembarque, está sendo erguida em um terreno de 37,4 mil m² e terá área construída de 8,7 mil m². O terminal contará ainda com área de estocagem, área para os motoristas, bilheteria, sala administrativa, área de estacionamento, bicicletário e área de expansão.

Já a drenagem pluvial e a duplicação da avenida Judeia são necessárias para absorver as alterações no tráfego geradas pelo novo terminal. A estrutura da via saltará de 14 metros para 40 metros de largura, com duas faixas de rolamento por sentido e estacionamento. Haverá ainda canteiro central e ciclovia. Concluída, toda a estrutura beneficiará diretamente os bairros Canaã, São Lucas, Jardim Célia, Panorama, Jardim Maanaim, Residencial Pequis, Monte Hebron, São Bento, Lago Azul e Morada Nova.

Os trabalhos são fiscalizados pela administração municipal, por meio da Secretaria Municipal de Obras, e executados pela Dreste Construtora, empresa escolhida por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), considerado um sistema licitatório mais ágil.

 

Uberlândia Integrada II

O programa Uberlândia Integrada II é fruto de um financiamento do Ministério das Cidades, por meio do Pró-Transportes, e retomado recentemente no âmbito do programa Uberlândia Integrada I e II. Esse recurso tem caráter vinculado, ou seja, só pode ser utilizado em obras estruturais de mobilidade. O programa Uberlândia Integrado I foi lançado pelo prefeito Odelmo Leão ainda durante a sua gestão de 2009 a 2012 e viabilizou outras inúmeras obras pela cidade.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 19/05/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe