Home / Notícias / Aulas 100% presenciais retornam nas escolas municipais de Uberlândia

Aulas 100% presenciais retornam nas escolas municipais de Uberlândia


A Prefeitura de Uberlândia retornou com a oferta do processo de ensino e aprendizagem presencial e simultâneo para 100% de seus alunos. A retomada total ocorreu nesta segunda-feira (18) após a autorização concedida pelo Núcleo Estratégico do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19. A permissão foi possível levando em consideração o panorama municipal que registra melhora nos indicadores da pandemia, avanço da vacinação e redução da taxa de transmissão do vírus e da ocupação dos leitos de UTIs.

“É com muita satisfação que garantimos que todas as nossas escolas estão preparadas para receber os alunos, pois estamos trabalhando com responsabilidade e seguindo os protocolos de biossegurança. Mesmo assim, a família que desejar pode visitar as unidades e conferir pessoalmente os procedimentos adotados”, afirmou a secretária de Educação, Tania Toledo. Segundo a secretária, será mantido o ensino remoto para as famílias que optarem por este formato e mesmo quem comparecer no presencial também poderá assistir as videoaulas como reforço.

Na Escola Municipal Professora Gláucia Santos Monteiro, o que se viu durante toda a manhã foram alunos dispostos a estudar, famílias tranquilas e seguras e servidores empenhados em oferecer bons atendimentos. “Este retorno de 100% é uma honra. As escolas foram feitas para os alunos e só tem vida e alegria com a presença deles. Já estávamos com saudades de recebê-los e vamos nos empenhar para que todos continuem tendo segurança em todos os ambientes”, disse a diretora da unidade localizada no bairro Lagoinha. Ela destacou ainda que o retorno total garante às escolas a possibilidade de exercer a sua responsabilidade social e preencher as lacunas criadas durante a pandemia, com o afastamento dos estudantes das salas de aula.

A técnica de enfermagem, Fabiane Ramos, comemorou o retorno. “É um momento muito especial. Me sinto tranquila ao deixá-la na escola, pois sei da responsabilidade da equipe e que a escola é um local seguro pra minha filha”, disse a mãe da pequena Antonella.

 

Respeito às normas de biossegurança

Desde o dia 17 de março do ano passado, diante da necessidade de suspensa das aulas presenciais com avanço da pandemia, as equipes da Secretaria Municipal de Educação (SME) começaram a implantar serviços como o Programa Escola em Casa e um canal aberto de televisão exclusivo para os conteúdos ministrados nas escolas municipais. Nos últimos quatro meses foi adotado o ensino híbrido, com turmas alternando entre aulas presenciais e remotas. Agora, para este retorno, tudo foi definido com rigor para garantir a segurança de alunos e servidores.

Nesta retomada as escolas continuarão seguindo todos os protocolos de biossegurança como aferir temperatura corporal, disponibilizar álcool em gel 70% e outros itens para assepsia pessoal e executar criteriosos processos de higienização de seus equipamentos e dependências. Nas salas de aula, será respeitado o distanciamento entre os alunos e serão evitadas as atividades e trabalhos em duplas ou grupos.

Os lanches dos alunos serão servidos em horários alternados, com turmas menores fazendo as refeições. O uso de máscaras continua obrigatório para quem tem mais de três anos de idade e não apresenta dificuldade para removê-las.

“Mesmo diante deste avanço não deixaremos de ter os cuidados necessários. Vamos continuar seguindo o protocolo e atentos a qualquer sintoma que alguns ou servidores apresentem. Ao menor caso de suspeita de Covid-19 seguiremos agindo da mesma forma, tomando as medidas necessárias”, ressaltou a secretária.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 18/10/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe