Home / Notícias / Agentes do CCZ vacinam cães e gatos nas Chácaras Panorama e Douradinho

Agentes do CCZ vacinam cães e gatos nas Chácaras Panorama e Douradinho


Os agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) continuam percorrendo a zona rural do município para proteger os cães e gatos contra a raiva. Neste sábado (2º), as equipes estarão no setor das Chácaras Panorama e Douradinho. O trabalho faz parte da 37ª edição da Campanha de Vacinação Antirrábica, que começou no dia 13 de setembro.

A partir das 7h30, os profissionais do CCZ iniciarão as visitas às residências. Devem receber a dose cães e gatos com mais de três meses de vida, com exceção daqueles que estejam doentes ou no período de gestação ou lactação. A coordenadora do Programa de Controle da Raiva, Lilian de Andrade, explica que os agentes estarão devidamente uniformizados, portando crachá de identificação, e com equipamentos de segurança devido à situação de pandemia para fazer a visita na casa dos moradores.

“Sabemos que estamos em um momento delicado, mas nossos profissionais estão tomando os devidos cuidados para continuar garantindo a saúde de todos. Não podemos esquecer também que a imunização contra a raiva é muito importante não só para a proteção dos animais, já que a doença também é transmitida para os seres humanos”.

A etapa da zona rural acontece até o dia 15 de outubro. Além das propriedades rurais e do setor das Chácaras Jockey Camping, as equipes de vacinadores também estiveram nos distritos de Tapuirama, Miraporanga, Cruzeiro dos Peixotos e Martinésia. A iniciativa da Prefeitura visa garantir que a cidade continue sem registros da doença – uma infecção viral aguda que não tem cura, e é transmitida para o ser humano por meio da saliva de animais. A coordenadora do programa destaca que os proprietários devem ter consciência e aproveitar a oportunidade de prezar pela saúde dos animais.

“A raiva é uma doença transmissível ao homem. A partir dos sintomas, o animal encaminha para óbito em poucos dias, pois a letalidade é de 100%. A prevenção é a vacinação anualmente. Por isso, precisamos da contribuição de todos. No entanto, reforçamos que animais doentes, gestantes ou lactantes devem ser encaminhados ao Centro de Controle de Zoonoses após o desmame ou quando estiverem sadios”, orientou.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 29/09/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe