Home / Notícias / Acordo de Cooperação Técnica é celebrado com a Rede Mulher Empreendedora

Acordo de Cooperação Técnica é celebrado com a Rede Mulher Empreendedora


O fortalecimento do empreendedorismo feminino é o foco da mais nova iniciativa adotada pela Prefeitura de Uberlândia. Por meio da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, foi firmado um Acordo de Cooperação Técnica com o Instituto Rede Mulher Empreendedora (Irme). Dessa forma, o Município vai possibilitar às mulheres capacitação gratuita dentro do programa “Ela Segura”. O documento foi assinado na tarde desta terça-feira (30), pelo prefeito Odelmo Leão, pela Secretária Municipal de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira, e pela Secretária Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, Thalita Costa Jorge.

“Dentro do nosso compromisso de sermos facilitadores, temos buscado diversas formas de estimular a economia local, com geração de emprego e renda. E isso passa pela capacitação técnica. Além de todos os cursos profissionalizantes que a Prefeitura oferece, agora contamos com a expertise do Instituto Rede Mulher Empreendedora para oferecer às uberlandenses uma formação que permita a cada uma a inserção no mercado de trabalho, bem como o desenvolvimento de seus próprios negócios”, disse a Secretária Municipal de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira.

 

Como funciona o programa

O programa “Ela Segura” é disponibilizado pelo instituto na plataforma online elasegura.com.br. Pela página, a participante encontra aulas em vídeo com os temas Finanças, Administração, Marketing, Autoconfiança, Espírito Empreendedor e Comunicação.

Para participar, basta preencher o formulário disponibilizado no site do programa. (Veja aqui) Não há restrição de público. Toda mulher interessada na capacitação, independente de idade, área de atuação e tendo ou não um negócio próprio, pode se inscrever.

A equipe da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação também pode ser contatada pelo telefone 3239-2768 para esclarecer dúvidas e auxiliar no processo de inscrição.

“Estudos mostram que o impacto da pandemia sobre a renda das mulheres foi enorme. Infelizmente, sabemos que a remuneração para elas é, muitas vezes, menor que a dos homens. Além disso, é uma realidade do nosso país o grande número de lares que têm as mulheres como arrimo da família. Então acredito que essa parceria com o Instituto Rede Mulher Empreendedora chega no momento certo e queremos alcançar o maior número possível de pessoas com essa ação”, observou a secretária da pasta, Thalita Jorge.

 

Pelo fortalecimento das mulheres

Segundo a Comissão Regional das Nações Unidas, o número de mulheres latino-americanas abaixo da linha de pobreza alcançou a marca de 118 milhões em 2020. Em relação a 2019, anterior ao início da pandemia, o aumento foi de 23 milhões de pessoas nessa condição.

No caso específico do Brasil, uma pesquisa do Instituto Locomotiva mostra que 11 milhões de mulheres são mães solo no país. Além disso, 57% vivem abaixo da linha da pobreza. A pesquisa ainda aponta que em 31% dos lares sustentados por elas, já faltou dinheiro para comprar produtos de limpeza durante o primeiro ano de pandemia. Em 35% das casas, chegou a faltar comida em 2020.

 

Participe e indique para outras mulheres!

O quê: capacitação técnica gratuita pelo programa Ela Segura

Onde: no site elasegura.com.br

Como participar: Cadastre no formulário existente na plataforma para acessar as aulas em vídeo (acesse aqui)

Para mais informações, entre em contato com a Secretaria de Agronegócio, Economia e Inovação pelo telefone 3239-2768.

 

Fonte: SECOM


Publicado em: 02/12/21
Subir

Fique por dentro

de tudo o que fazemos pela cidade.

    • Acompanhe